A Polícia Federal deflagrou na madrugada desta quarta-feira (23)  uma operação  no edfício Sião, na Av. Carlos  Gomes, centro de Salvador. Segundo informações preliminares, a operação combate  suposta fraude na previdência  social. Ao todo, seis mandados são cumpridos.

Policiais estão no local realizando buscas. Outro prédio na Paralela também foi alvo de busca e apreensão.

Segundo a PF, a Operação Contrasenha é conjunta com a Secretaria Especial de   Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, integrantes da força-tarefa  previdenciária. A operação visa desarticular esquema de fraudes executadas em  detrimento da Previdência Social, protagonizadas por servidor público federal  lotado na Agência da Previdência Social localizada no bairro das Mercês, na capital baiana.

Conforme apurado nas investigações, pelo menos desde 2017, o servidor público fraudava  processos de aposentadoria, majorando artificiosamente o tempo de contribuição. O esquema teria causado um prejuízo de mais de 7,5 milhões aos cofres públicos.

DEIXE UMA MENSAGEM

Seu endereço de email não será publicado.