Morreu nesta quinta-feira (18), aos 84 anos, o jornalista e escritor João Carlos Teixeira Gomes, conhecido como Joca. Ele estava internado no Hospital da Bahia e a causa da morte ainda é desconhecida. O corpo do jornalista será cremado nesta sexta-feira (19), no Cemitério Bosque da Paz, em uma cerimônia tímida apenas para os mais próximos.

O jornalista é autor da polêmica da biografia Memórias das Trevas – Uma devassa na vida de Antônio Carlos Magalhães. Além de jornalista e escritro, Joca também era poeta, ensaísta, professor e membro da Academia Baiana de Letras, onde ocupava a cadeira de número 15.

Bem relacionamento no meio profissional e reconhecido pelo seu trabalho, João Carlos fez parte do grupo conhecido como Geração Mapa, o mesmo do cineasta Glauber Rocha, do pintor Calasans Neto e do também professor e jornalista Florisvaldo Matos, entre outros.

 

DEIXE UMA MENSAGEM

Seu endereço de email não será publicado.