Entrou em vigor nesta quinta-feira (16) o decreto que obriga empresas a fornecerem máscara a todos os trabalhadores de obras públicas ou privadas, de mercados, de limpeza urbana e frentistas em Salvador. Em muitos estabelecimentos, a determinação estava sendo cumprida.

É o caso do supermercado de uma grande rede que atua na Bahia, localizado na Avenida Bonocô, em Salvador.

Além das máscaras distribuídas para os funcionários, o estabelecimento também está medindo a temperatura dos clientes.


Lei semelhante passará a valer para todo o estado da Bahia a partir desta sexta-feira (17), conforme publicado no Diário Oficial do Estado na última quarta (15).

As empresas baianas, públicas e privadas, serão obrigadas a fornecer máscaras para os seus trabalhadores. Quem descumprir a determinação terá que pagar multa de R$ 1 mil por funcionário.

Embora as determinações municipal e estadual não se apliquem aos clientes, a recomendação da Secretaria de Saúde Pública (Sesab) é para que todos utilizem máscaras.

Já é possível perceber a mudança de comportamento dos baianos, que passaram a usar o material de proteção nos estabelecimentos e também no transporte público.


Nas filas que têm se formado na Bahia, principalmente para receber o auxílio emergencial da prefeitura de Salvador e do Governo Federal, muitas pessoas estão utilizando máscaras

DEIXE UMA MENSAGEM

Seu endereço de email não será publicado.