Um dia após o Flamengo transmitir a partida contra o Boavista pelo seu canal oficial no YouTube, a FlaTV, a TV Globo anunciou nesta quinta-feira (2) que não vai mais transmitir o Campeonato Carioca.

A emissora alega que detinha a exclusividade da transmissão dos jogos do estadual por ter firmado contrato com a federação de futebol do Rio (Ferj) e os outros 11 clubes do campeonato, à exceção do Flamengo.

O Rubro-Negro não quis assinar o acordo por entender que deveria receber mais que os rivais. A cota paga pela emissora aos outros grandes do estado pela transmissão das suas partidas no Carioca é de cerca de R$ 18 milhões.

Em nota, a TV Globo alega que o contrato foi violado nesta terça-feira (1). O Flamengo se diz amparado pela Medida Provisória 984, assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e publicada no Diário Oficial da União no dia 18 de junho.

A MP dá exclusividade ao clube mandante da partida em negociar os direitos de transmissão televisiva. “A Globo entende que a Medida Provisória não poderia alterar um contrato celebrado antes de sua edição e protegido pela Constituição”, argumenta a emissora.

A TV Globo garantiu que apesar de encerrar suas transmissões do Campeonato Carioca deste ano, manterá os pagamentos aos devidos clubes com quem tem contrato

Sobre o autor

Matérias relacionadas

DEIXE UMA MENSAGEM

Seu endereço de email não será publicado.