Após a divulgação de um vídeo em que um policial militar aparece agredindo um jovem durante abordagem no bairro de Paripe, em Salvador, o governador Rui Costa afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã de hoje (4), que determinou a apuração imediata do caso por parte da Corregedoria e a punição dos responsáveis. Ele frisou, no entanto, que vê o ocorrido como um caso isolado.

“Por mais que se repitam, são comportamentos isolados que não correspondem ao comportamento da instituição. Portanto, a própria instituição tem que apurar junto à Corregedoria e fazer as devidas punições legais. Como governador do Estado, não admito esse tipo de comportamento. Já cobrei do comandante Anselmo Brandão uma atuação da Corregedoria, para que divulgue para a sociedade as medidas adotadas. Só assim vamos evitar que pessoas isoladamente continuem comprometendo a imagem da PM”, disse.

Na entrevista, o governador também se posicionou sobre a declaração do prefeito de Salvador, ACM Neto, contra a escolha da major Denice Santiago como pré-candidata do PT (leia mais).

DEIXE UMA MENSAGEM

Seu endereço de email não será publicado.