A balança comercial do Brasil registrou em 2019 o menor superávit desde 2015, quando ficou em US$ 19,5 bilhões. No ano passado, o resultado estacionou em US$ 46,7 bilhões, 19,6% abaixo do apresentado em 2018.

As exportações, somadas em US$ 224 bilhões, tiveram queda de 7,5% em comparação com a média diária do ano anterior. Já as importações, que alcançaram US$ 177,3 bilhões, apresentaram redução de 3,3%.

No caso das vendas para fora do país, a retração foi impulsionada, principalmente, pela crise política e econômica na Argentina, além da guerra comercial entre China e Estados Unidos, o que resultou em um freio no comércio global.

Sobre o autor

Matérias relacionadas

DEIXE UMA MENSAGEM

Seu endereço de email não será publicado.