Levantamento realizado pela revista Exame em parceria com o instituto IDEIA aponta que a aprovação do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) segue no patamar de 39%, mesmo nível observado desde setembro.

 

O levantamento divulgado pela publicação nesta sexta-feira (23) conclui que os índices de aprovação seguem constantes, principalmente entre as classes mais baixas. Contudo, o levantamento revela que a mesma porcentagem desaprova o governo: 39%. Outros 21% nem aprovam ou desaprovam, enquanto 1% não soube responder.

 

No início de outubro, a popularidade do presidente também estava em 39%, depois de uma queda de cerca de dez pontos percentuais entre o mês de março, no início da pandemia, e maio. Desde então, o índice de aprovação ao governo começou a aumentar gradativamente e, partir de setembro, estacionou na casa dos 40%, com poucas variações.

 

A aprovação presidencial é maior nas regiões Norte (57%), Centro-Oeste (48%) e Sul (47%)

DEIXE UMA MENSAGEM

Seu endereço de email não será publicado.