Um levantamento feito por consultores do PT aponta que, nas eleições de 2012, 2016 e 2014, 109 candidatos de São Paulo conseguiram participar da disputa mesmo com registro indeferido. Eles recorreram a tribunais superiores.

Segundo as informações coletadas junto ao Tribunal Regional Eleitoral paulista, 60 candidatos, ou seja, 55% dos 109 que tiveram registro indeferido, conseguiram reverter a sentença depois do pleito.

O advogado Luiz Fernando Pereira, autor do estudo do PT, diz que “se eliminarem o Lula precocemente, o ex-presidente não terá a chance de reverter a inelegibilidade. Chance que deram a todos em São Paulo”.

DEIXE UMA MENSAGEM

Seu endereço de email não será publicado.