O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou suas redes sociais para lamentar a morte de Paulo Gustavo. Ele estava internado por complicações da Covid-19 e não resistiu a doença na noite desta terça-feira (4).

 

O chefe do Executivo desejou forças para os familiares do comediante e para aqueles que também perderam seus parentes por causa das complicações da infecção do vírus, mas logo foi criticado pelos internautas que lembraram os episódios em que ele minimizou a doença.

 

“Meus votos de pesar pelo passamento do ator e diretor Paulo Gustavo, que com seu talento e carisma conquistou o carinho de todo Brasil. Que Deus o receba com alegria e conforte o coração de seus familiares e amigos, bem como de todos aqueles vitimados nessa luta contra a Covid”, escreveu Bolsonaro.

 

O governo está sendo investigado pela CPI da Covid, que teve início nesta terça-feira (4), por supostas irregularidades e omissão durante a crise sanitária. Até o momento, sabe-se que a gestão federal recusou por 11 vezes ofertas de vacinas contra a doença.

Sobre o autor

Matérias relacionadas

DEIXE UMA MENSAGEM

Seu endereço de email não será publicado.